Forwarded from trepamuleke
Enquanto o Brasil derrete com a #vazajato e as rezas públicas da galera do MPF pra que o PT nunca mais volte ao poder, o Trepa canta em uníssono com o Merda, grande conjunto capixaba: nem todo brasileiro que gosta de futebol gosta do Neymar. Num clima de energia positiva e #lulalivre, ouvimos os também capixabas do Dead Fish, do lado certo da história, e falamos do Lulapalooza, melhor lineup que muto festival por aí. Programa gravado antes dos grampos do Glenn, mas boa parte da bancada do Trepa já afirmava que estava escrito nas estrelas esse bromance Moro Dallagnol. Fazendo coro à defesa do Lulão, lembramos que os caras tiveram a cara de pau de grampear os advogados do eterno presida. E olha que ninguém aqui tem personal astrologer, como foi revelado recentemente sobre o Guaidó. E será que ele cobra tanto quanto a nossa depuTábata Amaral para palestrar por aí? O Trepa ficou dividido nessa, com parte da mesa achando que ela tá na dupla função. Até porque né, hoje ninguém para de trabalhar com esses mensageiros instantâneos, tipo o Bozo que recebe altas sugestões econômicas diretamente nas correntes de zap zap. Que ideia maravilhosa essa de trocar todas as notas como meio de colocar mais dinheiro em circulação, poxa. Ou então essa de juntar com o dinheiro argentino e criar o fantástico Peso Morto. Mas o Trepa não se deixa pautar pelos globalistas e discute a quente política de Campinas. Jonas Donizete, o prefeito, tá na bica de tomar um processinho que estaria com toda cara de #golpe tucano? Na oposição a ele, mas pela legalidade e pela democracia, discutimos esses bastidores cheios de promotores. E fechamos com muitas dicas culturais, que vão da metalidade de Serguei ao embrião dos milicianos na TV. E vamo que vamo que sexta que vem tem greve. http://trepamuleke.com/podcast/trepa-muleke-57/